Inverno no Japão: 5 TOP locais para curtir a neve e se divertir muito!

Com uma temperatura média que vai de -8°C a 5°C, o inverno no Japão é repleto de atividades e paisagens de tirar o fôlego. Com as estações do ano bem marcadas, o Japão oferece cenários incríveis em qualquer época do ano.

Fuyu quer dizer inverno em japonês e ele começa em meados de dezembro e vai até a primeira quinzena de março. Dependendo da região, o fuyu pode se estender até abril. E se você é daqueles que pensam que inverno só serve para tomar chá quente e ficar em casa, embaixo de um futon quente, você precisa conhecer o inverno no Japão.

Uma atividade IMPERDÍVEL é o onsen (banho termal) nas regiões nevadas. Imagina você na piscina termal, ao ar livre, contemplando a natureza e com neve ao redor ou mesmo nevando? Aproveita e se hospede em um ryokan e saboreie a típica refeição kaiseki.

O inverno no Japão é a escolha dos amantes de esportes de inverno e de quem ama frio, no entanto, não é uma estação muito procurada pelos turistas comuns. Neva em todo o país e o Japão tem mais de 500 estações de esqui. Fevereiro é a alta temporada do Japão e em Shizuoka você pode patinar em lagos congelados. Muito show, né?

Fonte: JNTO

O que faz do Japão um hotspot no inverno?

O Japão ao norte, fica muito perto da Rússia. Wakkanai em Hokkaido fica a menos de 100 km de Sacalina no  extremo sul da Rússia. A grande quantidade de neve que cai no Japão, faz com que o país tenha muitos resorts de esqui, procurados por praticantes de esportes de inverno.  Hokkaido, Nagano e Aomori, são muito visitadas no inverno. 

AS massas de ar frio vindas dá Sibéria, quando encontram a umidade do Mar do Japão, criam fortes nevascas e o ambiente ideal para esqui e snowboard. 

Quer saber mais? Listamos, a seguir, 5 lugares surpreendentes, de Tóquio a Hokkaido, para você curtir a neve no Japão nas suas próximas férias. Confira!

Hokkaido, o coração do esqui e da neve no Japão

Siiim! Hokkaido é a queridinha do Japão, quando se fala em neve. Neva muito por lá e, por isso, Hokkaido abriga as melhores estações de esqui da Ásia. Isso aliada à paisagem cênica de tirar o fôlego, culinária de frutos do mar inigualável e um dos maiores festivais de inverno do mundo - Sapporo Snow Festival - fazem de Hokkaido uma atração à parte!

Hokkaido também é famosa pelas suas estações de esqui de Niseko e Sahoro, pela qualidade da sua neve powder, a preferida dos snowboarders. Outra atração imperdível é o Zoológico de Asahiyama, onde você pode ver o desfile dos pinguins e outros animais bem de perto.

Outra atração é o “Drift Ice”, que são blocos de gelo que se soltam do Mar de Okhotsk, na Rússia e ficam flutuando na costa japonesa de Abashiri. Você pode apreciar esse espetáculo de um barco que passa pelos gelos, ou experienciar andar em cima do gelo, pulando e caindo na água gelada. Japonês faz turismo de tudo!

Shirakawa-Go e Gokayama: as vilas de conto de fadas

Esses 2 vilarejos antigos são a coisa mais fofa no inverno. Imagina a vila do Papai Noel, com aquelas casinhas cobertas de neve… É isso que você vê quando visita Shirakawa-go no inverno. Localizadas na província de Gifu, esses vilarejos charmosos são uma atração IMPERDÍVEL no inverno japonês. O legal é que Gifu, que fica na região central do Japão, é de fácil acesso para quem está em Tóquio. 

Uma paisagem deslumbrantes com as montanhas ao fundo, as casas com telhado de palha (gassho-zukuri) e as árvores, todas cobertas com muita neve! Por esse cenário de conto de fadas, os vilarejos foram tombados como Patrimônio Cultural Mundial da UNESCO em 1995.

Nagano e Monte Fuji em Chubu

Falando em neve, a figura icônica do Monte Fuji com o seu cume coberto de neve é um símbolo do país, reconhecido no mundo inteiro. Falou em Japão, falou em Monte Fuji”. Para quem não sabe, O Fuji-san é a montanha mais alta do arquipélago japonês e, também, um vulcão ativo. Siimm! Há o risco de erupção. 

O Monte Fuji fica próximo do oceano Pacífico, entre as províncias de Shizuoka (de onde é o avô da Tsuge) e Yamanashi. Outras 3 cidades ladeiam o monte: Gotemba, Fujiyoshida e Fujinomiya. A região, além de linda, tem resorts e onsens que encantam os turistas. Em dias claros, o Monte Fuji pode ser visto de Tóquio e o inverno é a melhor época para admirá-lo. 

Nagano, que fica na mesma região, tem muitos resorts de esqui e foi sede das Olimpíadas de Inverno de 1998 e concentra as montanhas mais altas do Japão: nove ao todo. Cercada por montanhas, a cidade fica meio que isolada, o que a torna muito atrativa para os turistas.

Tóquio: a capital do Japão que raramente neva

Embora Tóquio seja muito fria no inverno, a temperatura dificilmente fica abaixo de 0⁰C . Por isso, é improvável que você veja neve lá. Como tem menos turistas e menos chuva, há muita coisa legal para fazer, sem a loucura da megalópole. Um lembrete: esteja atento, pois muitas atrações fecham no início de janeiro.

Lembrando também, que um dos melhores locais para tirar uma foto do Monte Fuji, é Tóquio. Com os arranha-céus em primeiro plano e o Fuji-san ao fundo, em um dia claro, é uma imagem cênica clicada por muitos. Os observatórios do Edifício do Governo Metropolitano de Tóquio, a Torre de Tóquio, a Tokyo Sky Tree e a Tokyo City View de Roppongi Hills, são os melhores viewpoints para apreciar e fotografar o Monte Fuji.

Imagina você poder andar por Tóquio e comer com mais tranquilidade? Boa opção!

Aomori: a cidade que mais neva no mundo

Mesmo se você não planeja esquiar ou visitar atrações naturais, pode curtir o inverno em muitas cidades que nevam no Japão. O país tem diversas localidades, de diferentes tamanhos, com uma queda de neve considerável. 

E quem não tem medo de exagero, tem que visitar Aomori, que fica na região norte de Tohoku. Considerada a cidade que mais neva no mundo, ela recebe em média oito metros de neve todos os anos. Para efeito de comparação, Sapporo, outro grande centro de inverno no Japão, recebe em torno de cinco metros de neve nos meses de janeiro e fevereiro.

Aomori fica no extremo norte da ilha de Honshu, antes de Hokkaido. É considerada a cidade com os melhores frutos do mar e uma capital cultural do Japão. Atrações Museu de Artes de Aomori,  Museu Nebuta House Wa Rasse, Hakkoda Ropeway, têm que estar no seu roteiro, se você for a Aomori, ok?

Quer turistar pelo Japão e não sabe nem por onde começar, se inscreva nas aulas gratuitas, de 07 a 13 de março. Descubra como viajar para o Japão, gastando menos do que uma viagem para a Europa.

Museu Nebuta House Wa Rasse


🤗 Se você gostou desse post, também vai gostar desses aqui:

Referências:

Jornalista por formação, é curiosa e espontânea. Sua marca registrada é o sorriso. Sabe ser sargentão, mas tem os momentos "deixa a vida me levar". Muito autêntica no seu jeito de ser, é uma mãe "vida loka".

O Japão + Perto de Você!

Viagem

Programa Viajando para o Japão - o único curso que te leva ao Japão

Grupo VIP

O Japão + perto de Você: conectado com o Japão todos os dias

Ebook Japão

Guia Completo de Viagem ao Japão: nosso e-book mais vendido!

Siga a gente nas mídias sociais:

@japaotsuge

@japaocomtsuge

/japaocomtsuge

Lista Samurai

Telegram Samurai

Whatsapp Samurai
Compartilhe esse artigo!

Veja os artigos recentes

Deixe seu comentário


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Hanami: tradição japonesa de contemplar a flor de cerejeira

1 mês ago

[…] 5 TOP locais para curtir a neve […]

Japão com Tsuge

Assine a newsletter

Copyright 2022 Japão com Tsuge © Todos os direitos reservados